terça-feira, 27 de janeiro de 2015

ALIANÇA DE VIDRO

Aliança de Vidro
Jeanne Stephens
Wonder and Wild Desire
Coleção Fascinação, nº 106
Editora Abril , 1982
Assunto Cotidiano

Com a morte de sua irmã Carrie Franklin é confrontado com a tremenda responsabilidade de elevar seu sobrinho infantil, Mike. Seu pai, um membro dos ricos clã Revell , anteriormente negado a paternidade. E só Carrie continua a apoiar a criança que ela ama - até que ela conhece o poderoso patriarca, Josh Revell. Depois Josh fica sabendo da existência de Mike, ele procura a guarda, mas Carrie Mike ama demais para entregá-lo ao seu tio arrogante. Apenas uma alternativa é remotamente possível, garantindo que Carrie e Mike permanecer juntos: o casamento de Josh. Carrie ainda pode aceitar um casamento sem amor, mesmo para o bem da criança?

OUTRO RESUMO

Carrie precisava impedir a qualquer preço que Joshua invadisse seu quarto como tinha invadido sua vida. Está certo que ele era seu marido, mas haviam combinado muito bem que seu relacionamento não incluiria sexo nem amor. E ela não lhe daria o direito de exigir beijos ou carinho se o desprezava tanto! Joshua era tão arrogante, tão autoritário, tão possessivo... mas, oh, céus, como ele era atraente, bonito, incrivelmente sedutor! Seria ótimo quando chegasse a hora do divórcio. Assim Carrie não teria mais que agüentar seus avanços excitantes, sua impetuosidade, seu abraço quente e delicioso...

BAIXAR

5 comentários:

  1. Gostei !! História envolvente , fiquei muito curiosa para saber o que tinha acontecido com sua primeira esposa...

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. É uma história simples, fraca e cheia de maus entendidos.
    a mocinha é uma completa boba e muito infantil.

    ResponderExcluir
  4. A historia do livro é igual de casamento arábe.Falta de criatividade dessas autoras.

    ResponderExcluir
  5. Não sei se gosto dessa estória, achei o casal de mocinhos um par de estúpidos. Poderiam ter cuidado do sobrinho sem essa palhaçada toda, casam pra depois viverem que nem cão e gato, em pé de guerra. Tanto Josh quanto Carrie tiveram atitudes que não me agradaram, a meu ver pisaram feio na bola. Carrie foi bastante intransigente e grosseira em algumas situações e Josh não ficou atrás. E pra completar aquela “amizade” de Josh com a tal Jéssica não ficou muito clara na minha opinião. Não posso acreditar que Josh fosse tão ingênuo a ponto de não ver o que a vagaba queria o tempo todo. As explicações que Josh dá no final são dúbias e deixa o leitor com a pulguinha atrás da orelha, pensando se ele não estava mesmo sendo infiel a esposa com a tal amiguinha, qdo ele afirma que estava na casa da Jessica e que tinha se deixado levar por ela!

    ResponderExcluir